Executivos debatem o futuro do saneamento

Executivos debatem o futuro do saneamento

O presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Gustavo Montezano, e ministro do Ministério do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, abriram uma roda de conversas sobre a evolução no setor de saneamento que está transformando a vida de milhões de brasileiros, nesta segunda-feira, dia 6 de junho.

Um dos executivos convidado para o evento foi o CEO do Grupo Allonda, Leo Cesar Melo, que compôs a mesa “Novos Investidores: expectativas e desafios dos novos operadores”. A Allonda, no final de 2021, em um consórcio com a Conasa, venceu um dos blocos do leilão para concessão dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário de Unidades Regionais de Saneamento, em Alagoas.

Pelos próximos 35 anos, a empresa será a responsável pela expansão serviço de saneamento da população do Agreste e Sertão do estado alagoano. Para Melo, isso vai melhorar os indicadores e reduzir gastos públicos na área da saúde, aumentar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), gerar emprego e renda, além de aumento nos investimentos e na arrecadação de impostos.

Sob o título “Construindo Futuros no Saneamento”, o evento foi organizado em comemoração aos 70 anos do BNDES.

 

FONTE: https://saneamentobasico.com.br/outros/geral/executivos-debatem-futuro-do-saneamento/