Observatório da Governança das Águas aponta medidas para os Estados e gestores do setor

Observatório da Governança das Águas aponta medidas para os Estados e gestores do setor

O Observatório da Governança das Águas do Brasil lançou nesta semana a nota Água e Coronavírus: Informação, Mobilização e Engajamento, que traz orientações e diretrizes para a gestão das águas e do saneamento básico neste período de pandemia. O documento vem assinado pela ABRHidro e por outras entidades integrantes do comitê gestor do Observatório, entidade que no total congrega 48 instituições nacionais do poder público, setor privado e organizações da sociedade civil, além de 10 pesquisadores vinculados aos recursos hídricos.

De acordo com a nota, este deve ser “o momento mais crucial da história do País em relação aos desafios do saneamento básico, quando a sociedade enfrenta uma crise sanitária e social como a decorrente da Covid-19”. As medidas práticas indicadas para todos os Estados brasileiros são a proibição de interrupção do fornecimento de água, mesmo em casos de inadimplência; a gratuidade do serviço para os usuários que já estão na tarifa social; e o fornecimento de alternativas rápidas para levar água limpa às populações sem acesso.

A situação sanitária brasileira, as doenças geradas pela falta de oferta adequada de água potável e saneamento e a responsabilidade das instituições gestoras são outros temas do documento. O Observatório da Governança das Águas também se coloca como aliado no fomento e na conexão com pessoas e instituições por meio de informações técnicas e científicas sobre água, saneamento e meio ambiente.

Leia a carta na íntegra: http://www.observatoriodasaguas.org