Sabesp garante qualidade da água fornecida à população

Sabesp garante qualidade da água fornecida à população

A Sabesp garante a qualidade da água fornecida à população nas 375 cidades do Estado de São Paulo em que presta serviços de saneamento. Além de todo o processo de tratamento, é feito um rígido controle em todas as etapas, desde a captação, durante as fases do tratamento até a distribuição, antes da chegada às residências.  Todas as informações são disponibilizadas de forma totalmente transparente no Siságua (banco de dados nacional e público). A própria existência de resultados anômalos nesse banco confirma que a Sabesp não emite nenhum dado obtido. Os dados  estão publicados no site do VigiÁgua do Ministério da Saúde.

Vale ressaltar que a legislação prevê que o padrão de potabilidade deve ser analisado “em conjunto com o histórico do controle de qualidade da água e não de forma pontual” (§5º do art.44 da Portaria de Potabilidade). O histórico das medições aponta a conformidade com os padrões de potabilidade e a qualidade da água fornecida pela Sabesp. Dessa forma, é incorreto analisar apenas resultados pontuais, sem considerar o que prevê a legislação brasileira.

A presença de eventuais não conformidades detectadas pela Companhia é corrigida imediatamente, dada a seriedade e transparência com que trata o assunto, pois a Sabesp realiza o monitoramento permanente da qualidade da água produzida e distribuída à população. A própria existência de resultados anômalos no Siságua confirma que a Sabesp não emite nenhum dado obtido.

A conclusão de que existem problemas de saúde na água distribuída é amplamente rebatida pela Sabesp, pelo Ministério da Saúde e pela Prefeitura de São Paulo.

A Coordenadoria de Vigilância Sanitária se manifestou a respeito do tema através de um comunicado. Veja na íntegra

Novamente, a Sabesp reafirma sua transparência e a qualidade da água fornecida. Todos os resultados são divulgados e estão disponíveis para consulta pública e para os órgãos de fiscalização, que são capacitados tecnicamente para essa função. Não existe risco à saúde na água distribuída pela Sabesp, e isso pode ser confirmado pelos órgãos de saúde que fazem a fiscalização constante da água distribuída pela Companhia.

 

FONTE: https://site.sabesp.com.br/site/imprensa/noticias-detalhe.aspx?secaoId=65&id=8723