Seis municípios no Médio São Francisco concluem seus Planos Municipais de Saneamento Básico

Seis municípios no Médio São Francisco concluem seus Planos Municipais de Saneamento Básico

Entre os dias 20 e 22 de julho, os municípios baianos de Pilão Arcado, Campo Alegre de Lourdes, João Dourado, São Gabriel, Uibaí e Morro do Chapéu receberam os produtos finais dos seus respectivos Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSBs). As cerimônias aconteceram nos municípios de Pilão Arcado e João Dourado e contaram com a participação de representantes do poder público municipal, Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), empresa DRZ Geotecnologia e Consultoria, empresas prestadoras de serviços de saneamento básico e população em geral.

Em João Dourado, a solenidade teve por objetivo a entrega do PMSB aos municípios de João Dourado, Uibaí, São Gabriel e Morro do Chapéu. Todos os municípios receberam o plano de mobilização e de comunicação social, diagnóstico da situação do saneamento básico na sede e comunidades rurais, prognóstico com programas, projetos e ações, mecanismos e procedimentos para avaliação sistemática do PMSB, ações para emergências e contingências, Termo de Referência para elaboração do Sistema de Informações Municipal de Saneamento Básico e relatório final com a síntese de todas as etapas. Os seis produtos de cada município foram encadernados e entregues aos representantes, além de disponibilizados em formato digital.

Amanda Neiva, coordenadora do Grupo de Trabalho de São Gabriel, celebrou a entrega do PMSB e a superação dos desafios envolvendo a elaboração do documento: “percorrer a sede e a zona rural para levantar todas as informações necessárias não foi uma tarefa simples, mas nós realizamos e o plano está de acordo com a realidade do município, refletindo nossas deficiências e potencialidades”. Elton Ferreira, membro do GT de João Dourado, observou que a conclusão do PMSB representa o início de um novo ciclo para o município: “a entrega do PMSB sinaliza o fim de um trabalho e o início de outro, agora da gestão municipal, em busca de atingir as metas fixadas no plano e com isso melhorar a qualidade de vida da população”.

Agenor Martins Junior, especialista em Engenharia Sanitária Ambiental e representante da empresa DRZ, enfatizou o caráter participativo da elaboração do PMSB, que envolveu todas as esferas da administração municipal e mobilizou a sociedade civil: “foram aproximadamente 18 meses de trabalho com reuniões, conferências e oficinas com os moradores. Hoje, na cerimônia de entrega, o destaque vai para as falas dos coordenadores dos Grupos de Trabalho, sem os quais esse trabalho não seria possível”.

O PMSB visa dotar os municípios de instrumentos e mecanismos que permitam a implantação de ações articuladas, duradouras e eficientes, que garantam o acesso universalizado aos serviços de saneamento básico, que incluem abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e drenagem e manejo das águas pluviais urbanas. Ana Raquel Cedras, coordenadora do GT de Morro do Chapéu, avaliou que as ações irão contribuir para a proteção dos recursos hídricos e a promoção da saúde pública: “a qualidade dos serviços de saneamento é capaz de prevenir doenças e até melhorar a produtividade dos cidadãos, impactando positivamente nas atividades econômicas do município”.

O coordenador da CCR Médio São Francisco, Ednaldo Campos, observou que o tema está entre as prioridades do CBHSF: “por decisão institucional, o CBHSF está financiado os PMSBs dos municípios localizados na bacia do rio São Francisco. Entre outros benefícios, é um planejamento necessário para minimizar as cargas de poluição lançadas nos cursos d´água. Em 2022, iremos entregar 48 planos distribuídos entre as quatro regiões fisiográficas da bacia”. Após as falas dos representantes, os termos de recebimento foram assinados pelos responsáveis e os participantes confraternizaram em um lanche oferecido pela Prefeitura Municipal de João Dourado.

 

FONTE: https://cbhsaofrancisco.org.br/noticias/novidades/seis-municipios-no-medio-sao-francisco-concluem-seus-planos-municipais-de-saneamento-basico/