Sessão Gestão e Prevenção de Secas na Região Norte – Disponibilidades Hídricas

Sessão Gestão e Prevenção de Secas na Região Norte – Disponibilidades Hídricas

É já amanhã, 27 de abril, que terá lugar o evento organizado pelo Núcleo Regional do Norte da APRH, Gestão e Prevenção de Secas na Região Norte – Disponibilidades Hídricas, cujo formato será online, através do Zoom. A inscrição é gratuita, mas obrigatória, para os associados, e no valor de cinco euros para os não associados.

Seca e escassez de água correspondem a problemáticas distintas, complexas e com impactos significativos, sendo muitas vezes coexistentes e interdependentes numa dada região. A seca, como fenómeno natural, não pode ser evitada, enquanto a escassez
resulta da influência humana, estando associada ao desenvolvimento da região. Não obstante, a escassez torna uma região ainda mais vulnerável à possível ocorrência de impactos em situações de seca.
Nesse sentido e como ponto de partida para a discussão em relação às vulnerabilidades, da região Norte, às situações de seca, o Núcleo Regional do Norte da APRH promove uma sessão online com o tema “Gestão e Prevenção de Secas na Região Norte –
Disponibilidades Hídricas”.
Nesta sessão será feita uma apresentação, pelo Prof. Rodrigo Proença de Oliveira, do IST/ Bluefocus, dos pontos mais relevantes para esta região, do estudo levado a cabo para a APA, de “Avaliação das disponibilidades hídricas atuais e futuras e aplicação do
Índice de Escassez WEI+”, que está em consulta pública até ao dia 30-06-2022.
A sessão contará, ainda, com um painel de discussão, que integrará, além do Prof. Rodrigo Proença de Oliveira, também o Prof. Rodrigo Maia, da FEUP, Secretário do Conselho de Região Hidrográfica do Norte, e o Prof. João Andrade Santos, da UTAD, cujo trabalho de investigação, reconhecido internacionalmente na área das Alterações Climáticas, foca-se nas especificidades da região Norte (especialmente no interior), salientando os potenciais impactos para as principais atividades desta região.

Os melhores cumprimentos,
O Núcleo Regional do Norte da APRH