A Importância da Informação Hidrometeorológica – Gestão de Recursos Hídricos só possível com uma Boa Base de Dados.

A Importância da Informação Hidrometeorológica – Gestão de Recursos Hídricos só possível com uma Boa Base de Dados.

O Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos (SNIRH) é um dos instrumentos de gestão previstos na Política Nacional de Recursos Hídricos do Brasil que foi instituída pela Lei das Águas (Lei nº 9.433, de 08 de Janeiro de 1997). Em verdade, as informações quantitativas e qualitativas observadas, das águas subterrâneas e superficiais, são de grande importância para o planejamento de uso dos recursos hídricos e qualquer estudo hidrológico e hidrogeológico. Sem as observações e medições de vazão, níveis d’água e chuvas, dentre outras, não seria possível desenvolver estudos hidroenergéticos, estudos de uso múltiplo d’água, estudos de tomada de decisão para o gerenciamento de bacias hidrográficas e os aquíferos, previsão de cheias, abastecimento público e industrial, irrigação, navegação, saneamento básico e consequentes dimensionamentos das estruturas hidráulicas, sejam essas convencionais ou traduzidas em medidas compensatórias.

Os necessários e cada vez mais sofisticados modelos matemáticos, modelos hidrológicos e atmosféricos, importantes ferramentas para a representação simplificada da realidade, estão sempre limitados pela possibilidade dessa representação não ser, na sua plenitude, representada por um conjunto de equações matemáticas e ou o ser de forma muito simplificada, levando a decisões e procedimentos inadequados. Daí a calibração e validação dos modelos, que são feitas sempre com o emprego das informações hidrometeorológicas devidamente observadas.

Assim, no dia 11 de agosto, a partir das 14h30, a SME, por meio de sua Comissão Técnica de Recursos Hídricos e Saneamento, promove mais uma webinar, agora com o tema “A Importância da Informação Hidrometeorológica – Gestão de Recursos Hídricos só possível com uma Boa Base de Dados”.

Participe, divulgue, inscreva-se.